OIT lança curso à distância para disseminar conteúdos de igualdade de gênero e raça

Imprimir em PDFImprimir em PDF

BRASÍLIA (Notícias da OIT) – O Escritório da Organização Internacional do Trabalho (OIT) no Brasil lançou hoje no Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro) o primeiro curso à distância, em língua portuguesa, para disseminação dos conteúdos do programa GRPE – Gênero, Raça, Pobreza e Emprego. O evento teve a presença da Diretora do Escritório da OIT, Laís Abramo, do Diretor de Administração do Serpro, Antonio João Parera, do Secretário-Executivo da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (SEPPIR), Mário Theodoro, e de Tatau Godinho, representante da Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM).
 
Inicialmente, o curso será ministrado a uma turma piloto com o objetivo de colher eventuais sugestões para a operacionalização da plataforma, tutoria e avaliação. Após a conclusão dessa etapa, o curso ficará disponível na Universidade do Serpro e existe a possibilidade de conceder acesso para pessoas de outros órgãos governamentais, empresas do Programa Pró-Equidade de Gênero e telecentros em países de língua portuguesa. O curso poderá ser acessado no link https://inclusao.serpro.gov.br
 
 
GRPE é a sigla pela qual ficou conhecido o Programa de Fortalecimento Institucional da OIT para a Igualdade de Gênero e Raça, Erradicação da Pobreza e Geração de Emprego. Seu objetivo principal é promover a transversalização das dimensões de gênero e raça nas políticas públicas de erradicação da pobreza e geração de emprego, assim como nas estratégias e ações das organizações de empregadores e trabalhadores e outras organizações da sociedade civil comprometidas com o tema.
 
“O principal instrumento do Programa, o Manual de Capacitação Modular, é também uma sistematização dos conceitos e experiências desenvolvidas pela OIT e seus parceiros sobre esses temas e, nessa medida, uma contribuição ao desenvolvimento da base de conhecimentos sobre a questão das desigualdades de gênero e raça e sua articulação com temas tão estruturais e fundamentais para a nossa sociedade como a erradicação da pobreza e das desiguldades sociais e a promoção do emprego”, disse Laís Abramo.
 
A representante da SPM, Tatau Godinho, destacou que a capacitação dos gestores públicos é um desafio permanente para a superação das diferenças e da discriminação, enquanto o Secretário-Executivo da SEPPIR, ressaltou a importância da iniciativa para o aperfeiçoamento do funcionalismo público. Já na visão do diretor do Serpro, o lançamento do programa vai fortalecer a importância das políticas públicas voltadas para reforçar a igualdade de gênero e raça.
 
 
 
 

20/03/2012